Como melhorar o SEO de um site: 14 Dicas

Como melhorar o SEO de um site: 14 Dicas

Não é suficiente um site simplesmente existir para subir posições no ranking dos motores de pesquisa. Para que isso aconteça, é preciso saber como melhorar o SEO(search engine optimization) de um site e adotar boas práticas. Este termo é definido como sendo um conjunto de estratégias que têm como objetivo melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados dos motores de pesquisa, contribuindo para aumentar o tráfego orgânico e, consequentemente as conversões.

Confira 14 dicas de como melhorar o SEO de um site nos motores de pesquisa para aplicar e melhorar o posicionamento do seu site nas pesquisas orgânicas.

Como melhorar o SEO de um site:

1. Escolher o domínio

Há três aspetos que é preciso ter em consideração na escolha de um domínio:

– Deve ser o mais curto e cativante possível;

– Deve incluir o nome da empresa ou a área de especialização;

– Deve separar todas as palavras do URL por hífen. Isto torna mais fácil o processo de leitura do código e portanto será mais rapidamente encontrado pelos motores de pesquisa.

2. Estruturar o site

Um site bem estruturado é essencial para um melhor posicionamento nos motores de pesquisa.

3. Ter conteúdo relevante e de qualidade

Cada vez mais motores de pesquisa, como é o caso do Google, procuram oferecer conteúdo relevante para os utilizadores, então a forma mais indicada de subir no ranking é oferecer justamente isso. Prova disto é que o conteúdo de alta qualidade e o link building são os dois sinais mais importantes usados pelos Google para classificar o seu site para pesquisa. Portanto, para um site é essencial ter um conteúdo exclusivo, de qualidade, que consiga captar a atenção do leitor e que seja partilhável, com o objetivo de gerar mais tráfego para o site. Com mais visitantes, o seu site ganha relevância, notoriedade e autoridade, três aspetos fundamentais quando o assunto se trata de SEO.

como melhorar o SEO de um site: conteúdo relevante

4. Meta Descrição

Os  motores de pesquisa fazem o que podem para extrair as informações de cada página e organizá-las nos resultados de pesquisa. O seu site pode facilitar este trabalho e entregar dados mais precisos e estratégicos: basta preencher corretamente as meta tags. Uma meta descrição bem elaborada é decisiva para persuadir o utilizador a entrar num site. Estas consistem no texto que é visível na página de resultados do motor de pesquisa e, geralmente os utilizadores recorrem a estas descrições no momento de escolher qual o resultado mais relevante para aquilo que procuram.

Uma meta descrição deve ser direta, objetiva e pouco extensa. Regra geral recomenda-se que não tenha mais do que 153 caracteres, visto que assim não corre o risco de ter parte do conteúdo excluído. Para além disso, se houver palavras equivalentes nos termos de pesquisa e na meta descrição, o Google coloca essas palavras a negrito. Isto chama à atenção do utilizador, aumentando a probabilidade de ler a descrição, se interessar pelo conteúdo e clicar para aceder ao site.

5. Title Tag

36% dos especialistas em SEO acham que o título (title tag) é o  elemento mais determinante para ajudar a rankear o seu site. Quando procura por uma palavra-chave, 9 dos 10 links na primeira página de resultados tem a palavra-chave no título. Portanto, ao criar o título de cada página do site deve incluir a palavra ou expressão pela qual será procurada para a encontrar.

6. Pesquisar palavras-chave

A pesquisa de palavra-chave consiste em procurar, encontrar e analisar palavras que os utilizadores inserem nos motores de pesquisa com o objetivo de encontrar o que desejam para satisfazer uma necessidade ou resolver um problema específico.

Para o bom posicionamento nos motores de pesquisa, um dos fatores mais importantes está na relevância do conteúdo em relação às palavras-chave que os utilizadores pesquisam. Posto isto, é importante fazer um estudo sobre quais os termos mais procurados dentro da temática do seu site e aproveite para desenvolver conteúdo relacionado com essas pesquisas. Por exemplo, se a sua empresa vende calçado, o seu site precisa de ter palavras-chave relacionadas com isso, como por exemplo, “ténis” ou “sandálias”.

A palavra-chave deve ser repetida ao longo do conteúdo do site, mas ao invés de escrevê-la várias vezes sem qualquer estratégia, saiba onde a posicionar. A palavra-chave deve estar na URL, no título (h1), em pelo menos um subtítulo (h2, h3, h4, etc) e no texto alternativo de pelo menos uma imagem.

como melhorar o SEO de um site: pesquisa de palavras-chave

7. Palavras-chave a negrito ou itálico

É importante que a palavra-chave esteja a negrito ou a itálico para que o algoritmo dos motores de pesquisa compreendam que está em destaque. Importante realçar que o uso excessivo destes recursos pode ter um impacto totalmente contrário ao desejado.

8. Utilizar palavras-chave long tail

É aconselhável usar palavras-chave long tail, dado que são mais específicas e têm menor concorrência, implicando assim um menor esforço para aparecer bem posicionada na página de resultados dos motores de pesquisa e, regra geral, estão mais associadas a uma maior taxa de conversão. Prova disto e, segundo dados estatísticos, as pesquisas de palavras-chave long tail têm uma taxa de cliques de 3% a 5% maior comparativamente às pesquisas de palavras-chave short-tail. Por exemplo, em vez de usar a palavra-chave “loja de sapatilhas”, pode recorrer à palavra-chave “loja de sapatilhas de pele em Braga”.

palavras-chave long tail: SEO

9. Tempo de carregamento do site

Um site rápido torna a experiência do utilizador mais agradável. Pesquisas indicam que os visitantes não querem esperar mais de 3 segundos pelo carregamento de um site. De acordo com dados estatísticos, cerca de 40% abandona um site se tiver de esperar mais do que isso. Posto isto, a rapidez do carregamento de um site é fundamental e tem impacto direto no posicionamento orgânico nos motores de pesquisa e na experiência do utilizador. Faça uma análise sobre a performance do site e considere investir em formas de otimizar a sua velocidade, dado que um site lento é penalizado pelos motores de pesquisa.

velocidade de carregamento de um site

10. Atualizar o site com frequência

Criar conteúdo com regularidade interfere no posicionamento do seu site. Se não o atualiza, vai acabar por cair no ranking do Google para dar lugar a páginas que sejam atualizadas com mais frequência. Portanto, procure incluir novos conteúdos e imagens e torne-os atrativos e interessantes. Assim, obriga o motor de busca a pesquisar e indexar com regularidade. Reformular o conteúdo pode aumentar o tráfego orgânico do site até 106%.

11. Utilizar links relevantes

Para além do conteúdo, a quantidade e qualidade de links de sites externos para um site são os fatores mais importantes para os motores de pesquisa avaliarem a sua relevância. Ser visto já é difícil, então não vai querer perder o clique que direcionará o utilizador para o seu site. Procure criar links relevantes ao longo do site, que deixem claro para onde a pessoa será levada se clicar. Utilizar palavras-chave relevantes nos links é duplamente positivo, dado que melhora o ranking do seu site nos resultados dos motores de pesquisa e também da página para a qual o seu link redireciona. Quanto maior for o potencial do seu conteúdo em informar e ajudar os utilizadores, maior será a probabilidade de receber links de sites que tratem de assuntos relacionados com o seu mercado.

12. Imagens

As imagens trazem muita informação relevante e são um fator que ajuda no ranking dos resultados de pesquisa. Só que, para isso, as imagens do seu site precisam de estar com as tags corretas e texto alternativo (alt-text). O texto deve descrever de forma concisa o conteúdo da imagem. Para que os motores de pesquisa compreendam o seu conteúdo, o ideal é utilizar no máximo 5 palavras e devem ser evitadas palavras como “de”, “e”, “para”, que são fundamentais para construir uma frase, mas não o são na comunicação com os algoritmos de pesquisa.

13. Experiência do utilizador

Cada vez mais a internet é usada em dispositivos móveis, por isso, é essencial que o site seja estruturado de forma a adaptar-se à plataforma escolhida pelo utilizador para a visita. Perante a grande quantidade de informação que existe atualmente, a experiência do utilizador tem-se tornado cada vez mais importante e tida em consideração por diversas empresas como ponto estratégico para conquistar novos clientes.

Como o objetivo do Google é entregar os melhores resultados para satisfazer as necessidades do utilizador, deve garantir que os primeiros resultados sejam sites com a melhor experiência possível. Vale ressaltar que, devido ao acesso atualmente ser feito de diferentes dispositivos, como telemóveis, tablets e computadores, é imprescindível que a página esteja pronta para ser vista a partir de qualquer um destes. Prevê-se que em 2025 quase 73% dos utilizadores terão acesso à internet exclusivamente através de dispositivos móveis.

como melhorar o SEO de um site: site responsivo

14. Backlinks

O site precisa de ter “backlinks”, isto é, links de sites externos para o seu site. 91% de todas as páginas nunca recebem tráfego orgânico no Google, principalmente pelo facto de não possuírem backlinks e quanto mais backlinks uma página tem, mais tráfego de pesquisa obtém. Portanto, contacte empresas parceiras ou sites de referência para efetuar troca de links, por exemplo.

A tarefa de como melhorar o SEO de um site exige esforço, mas vale o esforço. Todas estas dicas são parte essencial de uma estratégia de SEO capazes de colocar a sua empresa numa posição de maior relevância nos resultados dos motores de pesquisa.

Já sabe como melhorar o SEO de um site. Na Flare Content podemos ajudá-lo(a) a desenvolver estratégias de SEO e Marketing Digital que irão impulsionar a sua presença online. Siga-nos no Facebook e Instagram e acompanhe todos os conteúdos que partilhamos semanalmente.

No Comments

Post A Comment